segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Acabou a palhaçada. Esse blog voltou. Finalmente arranjei uma razão. E alguém poderá se perguntar o motivo... e então, eu poderei dizer que não, tudo isso não é porque eu estou triste. É muito mais porque eu deveria estar feliz. Mas concluí que talvez não passe de uma ilusão.

"Sim, promessas fiz,
Fiz projetos, pensei tanta coisa
E agora o coração me diz
Que só em seus braços, meu bem
Eu ia ser feliz
Eu tenho este amor para dar
O que que eu vou fazer?"